início do conteúdo

Dúvidas Frequentes

DÚVIDAS FREQUENTES

1. O que é um projeto de extensão?
R: Ação processual e contínua de caráter educativo, social, cultural, desportivo, científico ou tecnológico, com metas específicas a curto e médio prazo, necessariamente envolvendo a comunidade externa para a produção de conhecimentos, técnicas e tecnologias, visando atendimento a demandas sociais.

2. Como posso participar de um projeto?
R: Poderá participar como coordenador, estudante ou membro da equipe executora. Há a possibilidade de concorrência em editais internos, lançados pela Pró-Reitoria de Extensão ou pelos campi, e em editais externos, como o PROEXT, Mais Cultura nas Universidades, Projeto Rondon, entre outros. Além disso, os servidores poderão desenvolver projetos voluntários.

3. Qual o período de execução dos projetos?
R: O período de execução varia conforme o edital ou conforme previsto nos projetos voluntários.

4. O que fazer para iniciar um projeto voluntário?
R: Elaborar o projeto e submetê-lo ao Edital de Ações de Extensão de Livre Iniciativa (fluxo contínuo) vigente no SUAP Módulo Extensão.

Para acessar o SUAP MÓDULO EXTENSÃO, click aqui.

5. Quais benefícios poderão ser concedidos pelo IFMT para fomentar projetos de extensão?
R: Bolsa de Extensão e Taxa de Bancada.
Bolsa de Extensão: É uma remuneração paga a título de ajuda de custo, pelo trabalho realizado nos programas e projetos da Extensão. O pagamento é depositado em conta-corrente do bolsista. A bolsa de Extensão pode ser paga a estudantes, servidores ou integrantes da comunidade externa ao IFMT, conforme Portaria nº 58/2014.
Taxa de Bancada: É um recurso destinado especificamente para atender aos gastos da realização / desenvolvimento do projeto de extensão. A previsão e utilização da Taxa de Bancada segue os mesmos regramentos do orçamento do IFMT, podendo ser para Aquisição de Material de Consumo: elemento de despesa 339020 e Aquisição de Material Permanente: elemento de despesa 449020.

A prestação de contas da taxa de bancada é obrigatória e deve ser feita no SUAP Módulo Extensão apresentando cotação de preços com no mínimo 03 (três) orçamentos e nota fiscal de tudo o que for adquirido/contratado.

6. Qual o valor das bolsas?
R: O valor das bolsas é calculado considerando a carga horária proporcional dedicada ao projeto pelo beneficiário, a partir dos valores orientados pelo CNPq. Para a carga horária de 8 horas semanais, a bolsa paga ao extensionista coordenador do projeto será de R$ 600,00 (seiscentos reais) e ao estudante bolsista, R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais).

7. Qual o valor da taxa de bancada e auxílio financeiro a publicações?
R: Até R$ 3.000,00 (três mil reais), conforme o Regulamento do Programa de Valorização da Produção da Pesquisa e Extensão (PVPE). Entretanto, recentemente foi pactuado que a taxa de bancada seria de até R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais) para cada projeto.

8. Posso receber mais de uma bolsa do IFMT?
R: Não, é vedado o acúmulo de bolsa do PVPE/IFMT com outras bolsas do IFMT.

9. Como posso utilizar a taxa de bancada?
R: Para aquisição de material permanente e de consumo, serviços de terceiros (pessoa física e jurídica), auxílio financeiro para participação em evento científico e auxílio financeiro para publicação dos resultados do projeto.

10. Professores substitutos contratados podem coordenar projetos de extensão?
R: O Edital Complementar nº 01 fez uma retificação ao Edital nº 10/2019/PROEX/IFMT que possibilita aos professores substitutos propor e coordenar projetos de extensão. Para tal, a coordenação de extensão do campus deverá analisar, junto ao Departamento de Ensino do campus, a compatibilidade entre “Tempo de Contrato” e “Tempo de Execução do Projeto”, a fim de possibilitar a conclusão do projeto antes do encerramento do contrato.

11. Submeti projeto de extensão em edital de livre iniciativa e não finalizei, posso sofrer alguma penalidade?
R: É consenso dos órgãos de controle que a carga horária do servidor executando projetos é investimento institucional no projeto (econômico e não financeiro). Assim, o servidor que não prestar contas e finalizar os projetos conforme previsto no respectivo edital, poderá ter que devolver parte do salário equivalente a carga horária que afirmou se dedicar ao projeto.

12. Não sei operar o SUAP Módulo Extensão o que devo fazer?
R: Consulte os tutoriais em vídeos, disponíveis na página da PROEX: http://proex.ifmt.edu.br/conteudo/pagina/tutoriais-suap-modulo-extensao/

início do rodapé

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - Campus Barra do Garças

Estrada de acesso a BR-158, Radial José Mauricio Zampa, s/n - CEP: 78600-000

Telefone: (66) 3402-0100

Barra do Garças/MT